Santa Ceia

“Pois eu recebi do Senhor o que vos transmiti: O Senhor, na noite que era entregue, tomou pão, dando graças o partiu, e disse: isto é o meu corpo que se entrega por vós. Fazei isto em memória de mim. Da mesma forma, depois de cear, tomou a taça e disse: Esta taça é a nova aliança selada com o meu sangue. Fazei isto cada vez que a bebeis, em memória de mim.” 1 Coríntios 11,23-25

A narrativa da Santa Ceia – última refeição de Jesus e seus discípulos antes da prisão e paixão – figura em Mateus, Marcos e Lucas. Nestes evangelhos, soma-se à santa ceia o fato de que Jesus anuncia um traidor dentre os seus discípulos mais próximos.

Pelo caminho de Emaús (Lucas 24,13-35) andavam os discípulos vencidos por causa dos sofrimentos dos últimos dias, dispostos a voltar para suas antigas profissões: eram pescadores. Foi quando Jesus ressuscitado lhes aparece. Mas não o reconheceram até que ele partiu o pão da mesma forma que fizera com eles dias antes.

A santa ceia é para nós da Igreja Presbiteriana do Butantã memória. Reconhecemos que o pão, representando o corpo de Jesus, e o vinho, representando o seu sangue, são a entrega dele em nosso lugar. Rememoramos os seus ensinamentos e por eles nos pautamos dia a dia. Rememoramos seu sofrimento em nosso lugar e reconhecemos seu amor por nós. Rememoramos sua vida e reconhecemos o quanto precisamos crescer.

A santa ceia é para nós da Igreja Presbiteriana do Butantã comunhão. Comunhão com Jesus, primeiramente. Cremos que Jesus está presente no momento da santa ceia. Mas também comunhão com todos aqueles e aquelas que comem do mesmo pão e bebem do mesmo vinho. Destacamos nossa unidade em Jesus Cristo, conseguida por meio de sua morte e ressurreição. A santa ceia é o sinal de nossa união com Cristo e com os irmãos e irmãs. É uma felicidade só quando nos reunimos!

A santa ceia é alimento para a alma, símbolo de fé e esperança.

Santa Ceia:
3° Domingo: Culto Matutino

Mensagens dos Pastores

“Alegrai-vos sempre no Senhor; outra vez digo: alegrai-vos.” - Filipenses 4,4

Leia mais

 

“Está alguém entre vós sofrendo? Faça oração. Está alguém alegre? Cante louvores.” - Tiago 5,13
Leia mais