PERDIDOS NO DESERTO! - 20/05/2018

Deus os encontrou perdidos no deserto, numa região onde viviam animais ferozes. Chegou perto, cuidou deles e os protegeu como se fossem a menina dos seus olhos. -  Deuteronômio 32: 10

O Senhor, que nos coloca nessa terra deserta, sabe exatamente de que experiência de deserto nós precisamos. Ele conhece o lugar em que as distrações da vida serão silenciadas e nós poderemos ouvir a Sua voz. A “sua região onde viviam animais ferozes”, talvez seja bem diferente da minha. Deus conhece cada um de nós e os recônditos do nosso coração. Ele compreende o que será necessário para livrar-nos das muletas que nos impedem de correr segundo a sua vontade e dos ruídos que não nos deixam ouvir suas palavras de conselho e terno amor. Ele sabe como examinar nosso currículo nessa escola do deserto, formando qualidades de caráter em nossa vida que não poderíamos obter de outra maneira.

O isolamento sempre faz parte deste deserto. Uma vez que Deus encontra o deserto de que nós precisamos, Ele, nos faz descer do ônibus e continuar a viagem. Pelo menos as coisas parecem assim. Nosso sentimento imediato é: Deus foi embora! Onde Ele está? Ele nos deixou nesse lugar. Em meio a essa penosa experiência, descobrimos que não podemos mais fazer as coisas que antes nos eram permitidas. O medo se instala. Dizemos a nós mesmos. Fui esquecido!

Mas por que Deus nos guia por lugares desertos, para lugares solitários? Isso acontece para que Ele possa nos tornar humildes, nos testar e revelar o verdadeiro estado do nosso coração. Não para que Deus possa nos conhecer, mas para que nós possamos vir a nos conhecermos. Não há nada como o deserto para ajudar-nos a conhecer nosso eu verdadeiro. Quando todos os enfeites, as máscaras e os trajes falsos são removidos, nós começamos a ver uma identidade verdadeira – um rosto que não aparecia há tantos anos.

É isso que Ele faz nas viagens no deserto da nossa vida. Ele vai tornar-nos humilde e vai nos mostrar nossos pontos fortes e fracos. Vai ajudar-nos a descobrir a nós mesmo como nunca conseguimos antes. Deus jamais nos põe na fornalha ardente do deserto para nos destruir. Ele quer nos refinar. Em meio a esse ermo solitário povoado de uivos, expostos ao processo do tempo, a areia penetra por entre a ferrugem e a corrosão, e, nos tornamos ferramenta útil nas mãos dEle.

O quebrantamento leva-nos a sermos achados por um Deus Santo. O quebrantamento leva-nos a ver o milagre de ter contato com o Deus dos milagres. O fracasso de agirmos por nós mesmos é agora colocado diante daquele que pode tirar o nosso pecado e restaurar-nos para agir como Deus quer.

Quando o deserto chegar estejamos preparados para ouvir a voz de Deus e aprender dEle que é manso de coração. Oremos pedindo que o Deus de bondade e misericórdia, ajude-nos a vencer nossas próprias dificuldades, superar nossos defeitos, e vencer as adversidades, e superar os vários desertos da nossa vida. Que Ele nos fortaleça nesta caminhada!

 

Mensagens dos Pastores

“Alegrai-vos sempre no Senhor; outra vez digo: alegrai-vos.” - Filipenses 4,4

Leia mais

 

“Está alguém entre vós sofrendo? Faça oração. Está alguém alegre? Cante louvores.” - Tiago 5,13
Leia mais