Rev. Marcelo Eduardo Cunha Smargiasse

Nascido em Guaxupé, MG, graduado em Letras e Teologia, mestre em Ciências da Religião com especialidade em literatura bíblica. Ordenado pastor presbiteriano em 23 de dezembro de 2000 e pastor da IPBut desde maio de 2004. Foi professor de Antigo Testamento na Escola Superior de Teologia/Mackenzie e no Seminário Presbiteriano do Sul.

 

 

O homem na presença de Deus

Rev. Marcleo Smargiasse

“Iahweh, quem poderá hospedar-se em tua tenda?”(Heb.) Perguntas como esta sobre a dignidade exigida para tomar parte na adoração a Deus eram habituais, sob várias formas na antigüidade e foram preservadas até o culto cristão. Provavelmente cada santuário tinha as suas próprias condições, respeitadas as exigências de pureza ritual.

Leia mais...

Missão hoje

Rev. Marcelo Smargiasse

Na liturgia de hoje meditamos sobre o batismo de Jesus que foi a marca do início de seu ministério. Assim como Mateus 1 e 2 são a porta pela qual entramos para entendermos quem é Jesus e qual a sua missão, Mateus 28,18-20 é a chave de leitura – chave que abre essa porta: “Indo, fazei discípulos de todas as nações, batizando-os em nome do Pai, e do Filho, e do Espírito Santo; ensinando-os a guardar todas as coisas que vos tenho ordenado.”

Leia mais...

Hóspedes de Yahweh - Salmo 15


Rev. Marcelo Smargiasse

A necessidade religiosa da humanidade pode ser verificada desde a própria origem do homem: sempre busca significar a sua vida a partir de sua concepção do religioso. Assim, olha para a divindade que é maior do que ele, melhor do que ele, mais sábia do que ele, mais justa do que ele, conhecedora de tudo e todos, bem diferente dele mesmo. Deus é o completamente outro.

Leia mais...

E agora!?

Rev. Marcelo Smargiasse

A pergunta do título até nos evoca a lembrança daquele poema do Drummond:

E agora, José?
A festa acabou,
a luz apagou,
o povo sumiu,

Leia mais...

Mensagens dos Pastores

“Alegrai-vos sempre no Senhor; outra vez digo: alegrai-vos.” - Filipenses 4,4

Leia mais

 

“Está alguém entre vós sofrendo? Faça oração. Está alguém alegre? Cante louvores.” - Tiago 5,13
Leia mais